N.º 3
Setembro 2018
 
 
EDITORIAL   ACONTECEU   OPINIÃO   AGENDA
 
 
Editorial

J. Sancho Silva | Vice-presidente da ESHTE

Dia Mundial do Turismo sob o lema do turismo e da transformação digital

 

O Dia Mundial do Turismo é uma iniciativa da Organização Mundial do Turismo (OMT), cuja celebração ocorre no dia 27 de setembro, realizando-se desde 1980. Os objetivos associados a esta efeméride assentam no propósito de sensibilização da sociedade global para a importância do turismo nos planos social, patrimonial, político e económico, enfatizando-se o papel que pode desempenhar como agente de mudança positiva nos países e comunidades.

 

Este ano, o tema escolhido reside no “turismo e a transformação digital”, o que nos remete para uma relação biunívoca particularmente rica e importante. Com efeito, assumindo-se o turismo como uma atividade digitalmente avançada, pode facultar um contributo precioso para orientar o progresso das tecnologias de informação e de comunicação no sentido da viabilização de estratégias de crescimento sustentáveis e responsáveis, indo assim ao encontro dos objetivos do Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela Organização das Nações Unidas.

 

As evidências empíricas permitem perspetivar a conjugação de uma expansão aparentemente irreprimível das comunicações ao nível mundial com um interesse crescente e assinalável pelas viagens, pelo que as primeiras se assumirão como decisivas no futuro do turismo, a par dos transportes, da segurança e do poder de compra dos consumidores.

 

Hoje, já não se duvida que a facilitação do acesso dos consumidores à Internet conferiu-lhes mais poder e independência nas suas próprias decisões de compra de viagens turísticas, levando as organizações responsáveis pela gestão dos destinos turísticos a concretizarem um esforço de inovação e de dinamismo para responderem às necessidades dos internautas. Mas, no turismo, o avanço digital também possui um impacto estratégico nas empresas, influenciando a gestão, as funções e os processos do negócio, podendo potenciar o desiderato de aumento da produtividade, de otimização das políticas de marketing e de facilitação de parcerias estratégicas.

 

Perante estas realidades, torna-se evidente que o turismo pode assumir-se como um veículo que concilia a exploração das oportunidades conferidas pelos avanços tecnológicos, colocando-os ao serviço do desenvolvimento sustentável, nomeadamente, na gestão eficiente dos recursos, na melhoria do empreendedorismo e do desempenho empresarial, na inclusão social e na consideração dos interesses das comunidades locais.

 

Neste âmbito, compete às instituições de ensino superior com cursos de turismo também contribuírem para uma formação em conformidade neste domínio, conferindo o espaço apropriado à temática das tecnologias de informação e de comunicação nos planos curriculares, nos conteúdos programáticos e nos projetos de investigação, desenvolvimento e inovação.

 

 

 
 
ACONTECEU NA ESHTE
 
 

Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril

 

Investigação na ESHTE | Rita Peres

LER MAIS
 
 
 

Tunística | Clara Bishop

LER MAIS
 
 
 

Novas Qualificações

LER MAIS
 
 
 
 

Opinião

Ética e Turismo na Era da Pós Verdade

Banalizou-se a expressão Pós-Verdade. Basicamente quer dizer que os factos deixaram de contar. Que a ciência está a ser desacreditada. Que cada um constrói a sua verdade. Que as fronteiras entre factos e opiniões deixaram de existir.

 

Graça Joaquim

Professora da ESHTE

Investigadora do Cies.Iscte.Iul

 
 
 
 
AGENDA
 

Lu(gu)minosas

 

As questões da sustentabilidade constituem...

Mais informação  >
 
 
 
 
 
 
   
Política de Privacidade